Política

Câmara de Adamantina cassa mandato do prefeito Ivo Santos

Ivo Santos teve o mandato cassado pela Câmara Municipal (Foto: Reprodução/TV Fronteira)

Decisão unânime foi tomada durante sessão extraordinária.
Chefe do Executivo foi investigado por improbidade administrativa.

A Câmara Municipal de Adamantina cassou o mandato do Prefeito Ivo Francisco dos Santos Júnior (PSDB) durante uma sessão extraordinária que teve início na noite desta segunda-feira (22) e se estendeu até a madrugada desta terça-feira (23). A decisão foi unânime, sendo que os nove vereadores votaram a favor da cassação do Chefe do Executivo. A sessão durou cerca de oito horas.

Ivo Santos foi investigado por uma Comissão de Investigação Processante (CIP) instituída pela Casa de Leis pela prática de improbidade administrativa devido a emissão de um cheque de quase R$ 300 mil para pagamento de um precatório, mas que foi parar na conta de Neivaldo Moraes, ex-secretário de finanças do município.

A denúncia foi feita no dia 9 de dezembro do ano passado por um cidadão e tem como base a acusação realizada pelo Ministério Público Estadual (MPE) de improbidade administrativa por desvio de verba.

A ação civil pública apontou que houve o pagamento de R$ 276 mil a um funcionário da Prefeitura e esse valor teria sido depositado em uma conta particular.

Os vereadores sorteados para fazer parte da CIP foram: presidente Fábio Roberto Amádio (PT), o relator Luiz Carlos Galvão (PSDB) e o membro Roberto Honório de Oliveira (DEM).

No final da sessão, Ivo Santos afirmou que a decisão foi injusta e que vai recorrer à Justiça.

Fonte: G1 Presidente Prudente

Comente

Mais vistos

To Top