Tribuna Livre

Após longo período, piscina de hidroterapia do CIS (Centro Integrado de Saúde), será reativada

(Foto: Castilho Verdade)
Materiais de uso dos pacientes, encontram- se armazenados (Foto: Castilho Verdade)

Materiais de uso dos pacientes, encontram- se armazenados (Foto: Castilho Verdade)

Piscina de hidroterapia do CIS (Centro Integrado de Saúde), inaugurada em 2004, era conhecida como “elefante branco” por ter sido poucas vezes utilizada.

Uma novela antiga que se arrastava desde o término do mandato do ex- prefeito Dr. Antônio em 2012, está prestes a chegar ao fim em Castilho, tudo por conta da luta do ativista social Gilson Souza, que há 15 dias, solicitou a atual diretora do departamento de saúde do município, a senhora Sueli Moelas da Silva Sotini, a reativação da piscina de hidroterapia do CIS (Centro Integrado de Saúde).

Segundo o ativista, na verdade sua luta iniciou em 2015, quando o CIS (Centro Integrado de Saúde), ainda em reformas, ajudou a cobrar a diretoria do departamento, para que desse uma satisfação dos reais motivos da falta de atividade no local. Na ocasião foi lhe informado que devido a todos os transtornos em virtude das reformas, o setor iria passar por um processo de modernização, e assim que encerrasse as obras, o projeto de fisioterapia aquática entraria novamente em seu funcionamento normal.

O que não foi cumprido até então, já que mesmo após o término das obras, os pacientes castilhenses, continuaram a denunciar a toda imprensa regional que desde o início da atual gestão, o prefeito Joni Marcos Buzachero (PSDB), ainda não havia colocado o projeto em prática, causando enormes críticas e indignação entre os mesmos.

De acordo com a indagação de alguns pacientes, como que a prefeitura tinha um recurso tão moderno, mas mesmo assim mantinha parceria com clínica particular. Um deles chegou a dizer que a piscina de hidroterapia do CIS, tem a rampa para descer cadeirantes, e pessoas com outros tipos de limitações físicas e motoras, e a clínica particular não possui o recurso, mas mesmo assim a prefeitura mantinha esta parceria. Alguns inclusive disseram que para colocar o familiar cadeirante na piscina particular, era muito sofrido, já que tinham que pegá- lo no colo.

Indignado com tamanho descaso, Souza recebeu todas estas denúncias e resolveu novamente entrar na briga, desta vez, porém chegando a procurar a diretora do departamento, a senhora Sueli Moelas, que segundo ele de forma muito educada lhe atendeu e concordou com suas indagações, prometendo que em 15 dias, solucionaria o problema.

E realmente é o que irá ocorrer, já que na tarde desta quinta feira (10), o ativista gravou um vídeo em nome de todos os pacientes, um breve agradecimento pelo atendimento de seu pedido.

“Quero agradecer a Diretora Sueli, por atender mais uma crítica minha, mais um pedido meu atendido, por que é fácil criticar, e é fácil você fazer um trabalho apontando dedos, mas o difícil é você voltar para parabenizar e para agradecer quando seu pedido é atendido” disse Souza em um dos trechos e completou “Dei os parabéns a ela, por ter atendido a minha critica, e dizer o que ela fez não foi pra mim e não foi pra ela, e sim para todos da cidade, pois quem sabe amanhã sim, eu ou ela possamos enfim precisar” – finalizou.

Fonte | Imagens | Castilho Verdade

Comente

Mais vistos

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016

To Top