Castilho

Culto Ecumênico uniu religiões para homenagear vítimas da tragédia (Fotos)

19959385_1379572758803321_1967012811760196165_n (1)

19905221_1379573045469959_3194031748352095125_n

CASTILHO – Pela primeira vez em Castilho pastores e padre dividiram o mesmo palco na Praça da Matriz. A celebração do Culto Ecumênico foi em memória dos moradores vítimas de recentes tragédias ocorridas na cidade. Louvores, pregações e muitas mensagens de otimismo marcaram a solenidade.

Na abertura, um dos ministérios da igreja evangélica apresentou a dança com entrada das bandeiras de Castilho, São Paulo e do Brasil.

Ao término da apresentação foi entoado o Hino Nacional. Em seguida, três apresentações individuais de músicas gospel por Play Back.

A comunidade católica também teve participação com o ministério da Paróquia São José e por um grupo de jovens. Na mesma ocasião, o padre Paulinho deixou sua mensagem falando da importância da unidade entre as diferentes religiões.

Após o sacerdote, uma encenação musical trouxe a reflexão sobre os perigos que o mundo oferece quando o jovem se distancia de Cristo.

A sequência do evento foi com mais louvores e animação dos ministérios das igrejas evangélicas. O bispo Ademir foi escolhido pelos pastores para pregar a Palavra.

Com muita unção, o religioso falou das profecias de Elias e que o povo de Castilho era um povo vencedor. A prefeita Fátima Nascimento foi convidada para subir ao palco onde também recebeu orações de todos líderes religiosos.

Um dos momentos de forte comoção do Culto foi a homenagem aos familiares que perderam seus entes queridos. As quatro famílias foram convidadas a subir no palco e cada uma recebeu um ramalhete de flores das mãos da prefeita.

De acordo com Fátima Nascimento, o evento surgiu por sugestão de uma agente comunitária de Saúde e em seguida proposta aos pastores e padre da cidade.

Assessoria de Comunicação

Comente

Mais vistos

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016

To Top