Castilho

Aposentado arrecada 30 mil lacres e doa para campanha

29791157_231902230700145_7891917485598994279_n

A campanha “Lacre solidário” ganhou um reforço extra na última semana. O aposentado José Alves Bonfim, de 82 anos, doou para a Prefeitura de Castilho cerca de 30 mil lacres de latinha. Quantidade suficiente para encher 150 frascos de 250 ml. “Em cada garrafinha dessa tem 200 lacres”, contabiliza “seo” José.

A campanha foi lançada pela Prefeita Fátima Nascimento em fevereiro deste ano. Mas as ações do aposentado iniciaram bem antes. De acordo com a funcionária pública Nice Bonfim, filha do doador, há pelo menos cinco anos que o pai já vinha coletando lacres e guardando.

“Servia como um passa tempo prá ele. Trazia para casa e além de coletar, contava e conferia um por um. Por isso que sabe a quantidade exata que tem em cada garrafinha”, explica a filha.

Seo José, segundo a filha, iniciou a coleta de lacres já imaginando que um dia alguém pudesse fazer uma campanha do gênero e que ele estaria preparado para colaborar. “A gente fica muito feliz de saber que agora ele pode contribuir e principalmente por ele ser morador muito antigo da cidade”, se orgulha a filha.

Assim como o aposentado, vários moradores também estão aderindo a campanha que visa trocar esses lacres por cadeiras de rodas. Porém, são necessárias 140 garrafas pet cheias de lacres para ter direito ao benefício. O coordenador da campanha em Castilho, o engenheiro João Rodrigo Begas Prado, diz estar otimista.

“Ainda não computamos a quantidade de lacres já recolhidos. Mas acredito que estamos próximos de atingirmos a meta”, revelou.

CRIANÇAS EXEMPLOS – A campanha está contagiando até mesmo as crianças castilhenses. Moníqui Alexandre Marcelino Modesto, de apenas 08 anos, é uma delas. Aluna da escola Youssef Neif Kassab, a garota arrecadou uma garrafa pet de três litros cheios de lacre. A motivação veio da avó paterna Raquel Consuelo Marcelino.

“Quando eu falei pra ela dessa campanha e da importância que tinha, a Moníqui ficou feliz. Começou a juntar os lacres e em poucos dias mobilizou a família e as tias para encher a garrafa.”, contou a avó.

Com a sensação de dever cumprido, a pequena Moníqui chamou o irmão Ícaro Alexandre e o primo Miguel Moraes Ferreira para juntos fazerem a entrega da arrecadação no setor de Obras, um dos pontos de coleta.

A Prefeita Fátima Nascimento elogiou a atitude espontânea dos castilhenses e espera que atitudes como essas possam motivar outras pessoas.

“São colaborações que muitas vezes partem de onde a gente menos espera. Tanto o seo José que já tem mais de 80 anos (82), como a menininha com apenas 08 se tornam exemplos para todos nós e acabam despertando o interesse de mais voluntários”, concluiu.

Comente

Mais vistos

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016

To Top